VOLTA AO MUNDO

Santa Catarina, o destino turístico

Os turistas, leitores da Revista Viagem, que por quatro anos consecutivos elegeram Santa Catarina como melhor destino turístico do Brasil tiveram os seus motivos para a escolha. Santa Catarina é um estado especial. Se prestar atenção, a cada quilômetro uma atração. Dividido em dez regiões turísticas para melhor reconhecimento e valorização das características regionais, exibe os mais variados atrativos, para o turista moderno, que de contemplativo passou a ser exigente e participativo. Essa divisão evidencia ainda mais a multiplicidade do potencial turístico no solo catarinense que, à medida que novas descobertas acontecem, tornam mais difícil a definição de uma identidade. Melhor mesmo é adotar a multi-identidade, como definição turística de Santa Catarina. O que mais empolga a todos os que atuam no turismo, nos seus mais diversos segmentos, é que, de maneira geral, os municípios, de cada uma das regiões hoje já entendem a necessidade do trabalho integrado, que gera resultados também integrados. Num fim de semana vários atrativos podem ser conhecidos e admirados em uma região. E tudo isso é resultado de um intenso trabalho da Santur – Órgão Oficial de Turismo de Santa Catarina, sob a presidência e competência de Valdir Walendowski, e naturalmente sob as decisões políticas da Secretaria de Turismo Cultura e Esportes do Estado, e do apoio do Ministério do Turismo e Instituto Marca Brasil - IMB, através de projetos como o Plano de Regionalização e de Gestão & Planejamento de Destinos Turísticos. Com essas ações, o Turismo vem sendo cada vez mais reconhecido como um setor econômico de agradável gestão e alto teor social e de sustentabilidade. E para complementar o constante trabalho de conscientização, A Santur, em parceria com a ABIH-SC – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis - Seccional Santa Catarina -, que motivou hotéis para oferecer descontos nas hospedagens -, além do apoio de outras entidades turísticas, desencadeou uma campanha para os catarinenses conhecerem o seu Estado. É comum o turista valorizar uma viagem de turismo proporcionalmente à distância entre origem e destino. Mas um atrativo inesquecível pode estar a um quilômetro de distância e não o conhecemos. Os catarinenses que atentarem para esta campanha poderão aproveitar fins de semana inesquecíveis, e com certeza elevarão sua auto estima e dirão com muito mais orgulho: Eu sou Catarinense! Eu vivo numa terra de belezas, culturas e atrações inigualáveis!

Encantos do Sul

Encantos do Sul é uma das regiões turísticas de Santa Catarina, composta por nada menos de 30 municípios. Laguna, Imbituba, Imaruí, Garopaba, Jaguaruna, Criciúma Içara, Tubarão, Gravatal, Urussanga, Orleans, Nova Veneza, Santa Rosa de Lima e São Martinho são os mais destacados, seja pelo tamanho das cidades, pela infraestrutura turística, ou pelos seus atrativos culturais, naturais, gastronômicos entre outros. Os demais também possuem seus atrativos pontuais e ainda necessitam de estruturação para receber maior número de visitantes. Ou melhorias de acesso (atenção governos de todos os níveis!)

Gravatal, o fascínio das águas

Das águas termais. Termas do Gravatal é uma cidade turística há mais de 50 anos, hoje com pouco mais de dez mil habitantes, cujo atrativo maior são as águas termo minerais de alto conteúdo medicinal. A cura de males físicos através dos banhos das águas termais a 36º foi multiplicando o fluxo de visitantes e exigiu da pequena cidade uma consciência, precoce em relação a muitos municípios e a implantação de infraestrutura para receber com mais conforto e facilidades. Gravatal possui Secretaria de Turismo bem estruturada, sob o comando da competente profissional Marta Fogaça e Conselho Municipal de Turismo que dita as políticas do setor, com o apoio da prefeitura local e da iniciativa privada. Hotéis, postos de gasolina e outros estabelecimentos comerciais que mantém seus empreendimentos através do turismo pagam taxas, sem reclamar.

Com isso, além das famosas águas, o turista encontra um comércio desenvolvido, restaurantes, turismo de aventura, trilhas ecológicas, artesanato e produtos coloniais de comprovada qualidade, uma cidade limpa com seleção de lixo e ações de recuperação de áreas degradadas, além de boa rede de hotéis. Estes, além da hospedagem oferecem piscinas e banheiras de águas termo minerais, bem como listas de opções para curtir um bom período de descanso e tratamento de saúde. Tudo isso a 20 km de Tubarão (museus e estâncias termais), 40 km de Laguna (cidade histórica), 80 km de Garopaba (praias e observação de baleias), 120 km de São Joaquim (neve), 160 km de Florianópolis (capital).

Hotel Internacional Gravatal

O jornalista Ildo Silva da Silva apresentou o complexo do Hotel Internacional, construído há 30 anos, desde então é considerado âncora da hospedagem e do turismo da região. Inserido em uma área verde preservada de 110 mil metros quadrados, com vastos e bem cuidados jardins, trilhas para passeios e caminhadas em meio a árvores nativas e exuberante vegetação. Com seus 118 apartamentos, áreas sociais e equipamentos de lazer internos e externos condizentes com a capacidade de hospedagem, restaurante de cozinha internacional, piscinas de águas termais externa e coberta, Spa com as mais variadas terapias de saúde, estética e beleza e ainda salas e salões para reuniões e eventos, ideais para turismo corporativo. A tradição e liderança como equipamento turístico do Hotel Internacional será reavivada com o projeto de total revitalização já iniciado, que transformará os seus apartamentos em modernas unidades habitacionais e os espaços coletivos em ambientes ainda mais agradáveis para a convivência dos hóspedes. A responsabilidade de administrar tudo isso é do gerente geral Paulo de Tarso Benedet, de longa experiência na gestão de equipamentos hoteleiros.

Vinhos em Urussanga

Urussanga é um dos mais tradicionais municípios da região Encantos do Sul. De colonização italiana, localizado a 214 km de Florianópolis, mantém vivas as tradições dos imigrantes e tem prazer em mostrá-las aos turistas através dos seus roteiros. Um deles é o Vale do Rio Maior, comunidade rural que preserva seu patrimônio histórico, com edificações antigas restauradas e abertas à visitação. “Ritorno Alle Origini “ (Retorno às Origens) é composto pela paisagem moldada pelos imigrantes nos séculos XIX e XX, com seu patrimônio histórico/cultural. Contudo, o mais destacado é o Vale da Uva Goethe, roteiro enoturístico entre as vinícolas e atrativos afins. Existem várias vitivinícolas, entre estas a Vigna Mason e a Vitivinícola Urussanga (Casa Del Nono), administradas pela segunda e terceira gerações das famílias que as implantaram. Ambas com parreirais próprios produzem seus vinhos através de equipamentos semi-artesanais, e com a habitual precisão e “teimosia” (como eles reconhecem), sempre buscando a excelência da qualidade dos seus produtos. Os visitantes encontram calorosa acolhida, com guia da família explicando todo processo de cultivo e as características de cada tipo de uva, bem como a elaboração de cada tipo de vinho. A visita culmina com a degustação e por conseqüência com a venda dos vinhos. A Mason oferece ainda restaurante de gastronomia italiana e pousada para quem quer dias de descanso em uma área essencialmente rural.

Uvas Goethe

O diferencial na fabricação de vinhos em Urussanga é a Uva Goethe que, em função do clima e solo propícios, aliados ao esforço, dedicação e paciência dos vitivinicultores é a única região do mundo a cultivá-la e processá-la nos tempos atuais. Trata-se de uma uva essencialmente frágil, exigindo manipulação especial em todos os passos do processo, por isso mesmo tão preciosa. Dada a essas peculiaridades, foi criada a Associação dos Produtores dos Vales da Uva e do Vinho Goethe, que conta com o apoio do SEBRAE-SC para apurar a qualidade e tornar os vinhos Goethe ainda mais especiais.

Encontro da Abrajet

Todas essas informações referentes à região Encantos do Sul tem a ver com o Encontro Estadual da Abrajet-SC – Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo – Seccional Santa Catarina, realizado no último fim de semana, o primeiro da atual diretoria, presidida por Alberto Gonçalves.

O encontro foi realizado nas dependências do Hotel Internacional Gravatal, a convite do gerente geral Paulo de Tarso Benedet, com o apoio da prefeitura de Termas do Gravatal, através da secretária de Turismo, Marta Fogaça. Participaram também o presidente da Abrajet Nacional, Hélco Estrella e o coordenador da região Sul Sérgio de Almeida, além dos presidentes das seccionais do Rio Grande do Sul – José Carlos Mello Dávila e do Paraná – Antônio Claret de Rezende. Na reunião foram tratados assuntos de ordem interna da Entidade, foram aprovados novos associados e discutidos detalhes a respeito do Congresso Nacional da Abrajet que ser á realizado de 22 a 27 de setembro de 2011, em Belém do Pará. Porém, o assunto de maior destaque foi a necessidade de união de forças para pressionar o Governo Federal pela conclusão das obras de duplicação da BR-101, que vem comprometendo seriamente a economia e a logística de todo o Sul do Brasil. Os abrajetianos presentes, decidiram então em assembléia geral apresentar moção ao Governo Federal e lideranças políticas para que as obras não parem, sob pena do turismo local entrar em colapso.

A Abrajet-SC vai elaborar um selo “BR-101 Conclusão Já”. Além disso, a Abrajet se associará à iniciativa da Fecomércio de Jornalistas de Turismo querem duplicação já A Abrajet-SC (Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo, Seccional de Santa Catarina, reunidos no primeiro encontro estadual, realizado entre os dias 29 e 31 de julho último, no Hotel Internacional Gravatal, em Gravatal, no Sul do Estado, decidiram durante o evento enviar moção ao Governo Federal e para as lideranças políticas catarinenses, para que as obras da duplicação do trecho sul da BR-101 sejam concluídas de imediato. Os problemas referentes às obras da duplicação do trecho Sul da BR-101, cujos trabalhos estão morosos e, em virtude de problemas e irregularidades apresentadas no Ministério dos Transportes, podem ser paralisadas. Acontecendo isso, a região tem tudo para sofrer um grande colapso no movimento de turistas e visitantes. “O desenvolvimento do turismo do Sul de Santa Catarina depende da conclusão das obras de duplicação da BR-101. O Sul do País não pode ser, mais uma vez , deixado para um segundo plano. Por isso, a decisão da assembléia geral em apresentar essa moção ao governo federal e às lideranças políticas de nosso Estado, para que as obras sejam concluídas já”, observou o presidente da Abrajet-SC, Alberto Gonçalves de Souza.

MOÇÃO BR 101 JÁ

Os membros da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (Abrajet-SC), reunidos com representantes das seccionais do Rio Grande do Sul e Paraná, com a participação da Abrajet Nacional, no primeiro encontro da entidade realizado em 2011, na cidade de Gravatal, SC, na Região Encantos do Sul , nas dependências do Hotel Internacional, resolvem em conjunto, entre outras providências, exigir do Governo Federal, através do Ministério dos Transportes, a imediata conclusão da BR 101 que há mais de duas décadas, se arrasta causando grandes prejuízos ao setor turístico e à economia do Estado de Santa Catarina. Assim sendo, conclama as lideranças políticas do Estado a redobrar esforços no sentido de agilizar as providências visando a imediata e definitiva conclusão da BR 101 Sul.

Gravatal, 31 de julho de 2011.

Roteiros integrados no Sul

Durante o 6º Salão de Turismo, realizado recentemente em São Paulo foi discutida a organização de roteiros, integrados com outros Estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e com países vizinhos - Paraguai,Argentina, Uruguai, Chile, Bolívia e Peru, com o apoio da Embratur.

Os dez roteiros que promoverão a integração são: Iguaçu Trinacional; Iguaçu Missiones (Rio Grande do Sul, Argentina, Paraguai, Paraná); Aparados da Serra (Rio Grande do Sule Santa Catarina); Roteiro das Capitais (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul); Caminhos do Pampa (Rio Grande do Sul e Uruguai); Buenos Aires - Porto Alegre – Florianópolis – Iguaçu - Bonito (Argentina, Rio Grande Do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul); Norte da Argentina – Paraguai – Iguaçu – Curitiba – Paranaguá - Florianópolis (Argentina, Paraguai, Paraná e Santa Catarina); Porto Alegre – Florianópolis – Iguaçu - Bonito (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul); Iguaçu – Bonito - Pantanal (Paraná e Mato Grosso do Sul); Rota do Tropeiros (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo).

Por: Nelci Terezinha Seibel, em 2011-08-05

Fonte: Autoria própria.

Formas de pagamento:

Cartões de crédito:
Cartões de crédito

Débito online:
Débito online

Boleto:
Boleto

Desenvolvido por: ismaelMatias

Central de atendimento:

Rancho Queimado SC (48) 4052 9209
São Paulo SP (11) 3522 6943
Florianópolis SC (48) 4052 9209
Plantão TIM (48) 9982 3401
e-mail: immb@motivacao.org

Imagens ilustrativas. Para realizar pagamento, inclua o produto no carrinho de compras para escolher a forma de pagamento.