VOLTA AO MUNDO

A beleza da Região Serrana

Nosso colega Jefferson Severino passou o feriado de carnaval na serra Catarinense e está entusiasmado com o turismo em Santa Catarina, em especial na Região serrana e na Rota da Amizade. “Todos os lugares de hospedagem lotados, abastecidos por aqueles que gostam de sossego, paisagens fantásticas e alta gastronomia. Em Urubici congestionamento até no Morro de Igreja. A cidade cresce a olhos vistos, ainda mais agora, cortada pelo asfalto da SC 430. Por ela você chega até a Serra do Corvo Branco e até o topo do Morro da Igreja (Pedra Furada). A cidade vem crescendo mesmo, com novos bistrôs, restaurantes, pousadas, cafeterias, gente hospitaleira e pontos turísticos cuidados, além de muita tranquilidade e baixas temperaturas à noite. A mentalidade do povo cresceu. Urubici está toda florida de hortênsias a exemplo de Gramado. As fazendas de maçãs estão abertas e com plaquinhas \\\"colha e pague\\\". Pra quem nunca viu um pé de maçã e ainda ter a oportunidade de colher a fruta, é um atrativo a parte. É assim que se faz turismo. O mais puro empreendedorismo. Teve fila até nas churrascarias. Parabéns a Urubici, quem te vi e quem te vê!” Palavras do Jeff e pode acreditar que ele é crítico!!

Congresso captado

O Joinville Região Convention & Visitors Bureau inicia o ano confirmando um importante evento para a cidade. Com a liderança da UFSC Joinville, através do Departamento de Engenharia da Mobilidade, acontecerá entre os dias 28 de outubro e 1 de novembro de 2012, o 26º Congresso de Ensino e Pesquisa em Transportes. A ANPET – Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transporte, promotora do evento, estima a participação de 500 congressistas, entre estudantes, especialistas e profissionais de diversos estados brasileiros.

Terceira Idade esportiva

A Fundação de Esporte de Barra Velha sediará no dia 29 de fevereiro, a seletiva dos atletas locais para o Micro Regional dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti). Os jogos acontecerão no dia 30 de março na Sociedade Recreativa de Barra Velha. No total 300 atletas estarão em Barra Velha nesta edição, para os jogos, divididos em cinco modalidades: Canastra, dominó, bocha, bolão 23 e truco, todos masculino e feminino). Além disso haverá dança de salão de 60 e 70 anos. As inscrições estão abertas e poderão ser realizadas na Fundação Municipal de Esporte, rua Paraná, anexo ao Ginásio de Esportes Alfredo José de Borba. Mais informações, fone 47 3457-0642 (Fundação Municipal de Esporte).

Festa do Divino

O balneário de Barra Velha, no litoral norte de Santa Catarina está preparando a Festa do Divino Espírito Santo, manifestação tradicional trazida para o Brasil pelos imigrantes portugueses, que colonizaram quase todo o litoral catarinense. A Festa do Divino, marcada para 25 a 28 de maio é um misto de religiosidade, nobreza (rei e rainha) e participação popular, com ritos centenários, praticados com grande fidelidade às suas origens. Em Florianópolis a festa também reúne milhares de pessoas.

Feira do Livro

Na manhã do dia 14 de feveeiro foi lançada a Feira do Livro de Joinville, que deverá ser a maior de Santa Catarina. O evento literário e cultural que neste ano chega a sua 9ª edição terá a presença de celebridades do mundo literário, como a presidente da Academia Brasileira de Letras, Anna Maria Machado. A Feira do Livro 2012 será realizada de 12 e 22 de abril, no complexo do Centreventos Cau Hansen (Teatro Juarez Machado, Centro de Exposições Edmundo Doubrawa e Alfredo Salfer). O tema da Feira será \\\"Cultura e Educação\\\" e o slogan \\\"Ler é conquistar a liberdade\\\". Entre as novidades deste ano estão os espaços infanto-juvenil e para autores locais.

Festuris em eventos

A equipe do Festival do Turismo de Gramado (Festuris) está acompanhando as atividades do setor e levando o nome do evento para o Brasil e o mundo. Enquanto a diretora, Marta Rossi, acompanhou a posse do CENTur, durante o Workshop & Trade Show CVC 2012, em São Paulo, a gerente comercial, Rose Ott, embarcou para a Itália, para levar as novidades do Festival ao BIT (Borsa Internazionale del Turismo), que aconteceu na cidade de Milão, de 16 a 19 de fevereiro. É um dos grandes eventos que reúnem profissionais de turismo na Europa, com duração de três dias, cerca de 150 mil visitantes de 140 países, para percorrer os mais de cinco mil expositores. Através da Itália, o Festuris trabalha para se aproximar dos demais países da Europa e que traz resposta mais imediata.

Serra Gaúcha

Além de praia, sol e mar, nos últimos anos, um dos destinos procurados por inúmeros turistas são as cidades da Serra Gaúcha, que oferecem atrativos para receber os visitantes durante os dias mais quentes do ano, em especial o clima mais ameno. Marcelo Carvalho, diretor do Hotel Continental, de Canela (RS), avalia que a região conta com novas atrações, como parques temáticos, museus e lojas com produtos diferenciados.
O público que mais procura a Serra Gaúcha são famílias com crianças, casais e melhor idade, que buscam conforto e tranquilidade. Os hoteis Continental (Canela) e o Hotel Alpestre, em Gramado são os mais procurados pela programação variada de lazer e recreação que oferecem neste período.

Museu da Moda em Canela

As cidades de Canela e Gramado, na Serra Gaúcha se tornam ainda mais atraentes e charmosas, com a abertura do Museu da Moda, uma criação da estilista Milka Wolff. Nele, pode-se fazer uma viagem no tempo. O Museu, que conta a história da moda feminina, não perde em nada para museus de outros países. Milka aponta que resolveu criar este Museu porque um museu contando quatro mil anos de história da moda \\\"não existe em nenhum lugar do mundo\\\". Ainda não foi realizada a inauguração oficial, agendada para o dia 23 de março, e milhares de pessoas já nos visitaram”. O Museu está abrigado em 3,4 mil metros quadrados de arquitetura imponente. Na entrada do Museu tem um café, uma loja com produtos variados e uma coleção de máquinas de costura em miniatura da estilista. Por que Canela? Milka responde sem pestanejar: \\\"É o turismo, é o mundo. Já fomos visitados por pessoas de diversos lugares do mundo. O projeto foi planejado há dois anos pela estilista Milka e o empreendimento reúne três salões, 150 peças do vestuário das mulheres de dois mil anos antes de Cristo até o século 21. As roupas estão expostas em 19 vitrines que, além dos vestuários, tem um cenário muito bem elaborado da história daquela época. “A finalidade do Museu da Moda é dar uma oportunidade de acompanhar, em um mesmo espaço físico, as transformações estéticas e técnicas da roupa como representação social e cultural do seu tempo”, afirma a curadora Débora Elman.

Cinco rainhas

Um dos períodos mais importantes das histórias da moda está representado pelos vestidos de cinco rainhas que governaram a França. A vitrine é inspirada nos ambientes glamorosos e clássicos. Ao fundo aparece o Palácio de Versalhes. Uma única vitrine mostra o vestido da rainha Maria Antonieta, que reinou de 1774 a 1792. A peça usou 50 metros de tecidos em sua confecção. Colar original da época compõe o figurino. Já a seção da Belle Époque reproduz a sofisticação e o requinte da era de luxo. Há, também, as roupas dos séculos XX e XXI. Todas as roupas estão em um cenário da época em questão: lustres, apliques, tapeçarias, materiais e pedras dos pisos, por exemplo, são originais de cada período e lugar, conforme Gilnei Casagrande, diretor administrativo do MUM, adquiridos em antiquários e leilões em vários lugares do mundo. As roupas criadas por Milka referem-se ao século XXI como “tudo-junto-misturado”. Já no inicio do século XX a silhueta feminina começou a mudar e estilistas e alfaiates começaram a desenhar um outro perfil, deixando a mulher mais livre de tantas amarrações e espartilhos.

Tributo a Lady Diana

A famosa e carismática Princesa de Gales, Lady Diana, que morreu em acidente de carro, marca a presença com as dez cópias de vestidos usados pela princesa. Ela, que foi sinônimo de elegância para aquela geração, deixa saudades aos seus séquitos, que viam nela um modelo a ser seguido. Em 1987, na Christies, em Nova York, a estilista Milka Wolff esteve presente no leilão beneficente e a venda dos seus vestidos superou os dois milhões de dólares, que foram doados para as entidades e projetos como Aids Care Center, New York Hospital e The Royal Cancer Foundation, de Londres. Na vitrine da saudosa Lady Diana um livro autografado por ela está exposto. Um dos vestidos na época foi leiloado por 135 mil dólares. Este foi usado no British Fashion Awards, no Albert Hare, em Londres, e depois em Hong Kong em uma Avant Premièrs no mesmo ano.

Uma das vitrines do Museu da Moda

Aeroporto de Marabá

O Aeroporto de Marabá situa-se à margem esquerda do Rio Itacaiúnas, em local denominado Quindangues. É limitado ao norte por terrenos de terceiros, a leste pelo Bairro do Amapá, ao sul pela BR-230 (Rodovia Transamazônica). A área patrimonial do aeroporto tem a forma de uma poligonal fechada irregular e a dimensão de 3.350.767,05 m². Possui uma pista em concreto asfáltico denominada 07/25, com 2.000 x 45 m de extensão. A maior aeronave operada é a B-707 (KC-137 - versão militar). Até 1978, o Aeroporto de Marabá oferecia uma pista de pouso e decolagem precária, e o seu movimento realizado pela aeronave DC-3 (Douglas) e Taxi Aéreos. A ligação com o centro da cidade era deficiente, devido a sua localização ser além do Rio Itacaiúnas que separa o Aeroporto do centro pioneiro da cidade. Àquela época não existia a ponte rodoviária sobre esse rio e o tráfego de pessoas e veículos era realizado por barcas e balsas, o que atrasava o desenvolvimento local. O Contrato de Doação da Prefeitura de Marabá para a União Federal foi definido em 14 de setembro de 1977 (Processo protocolado no Ministério da Fazenda sob o nº MF 0768-81.479/69). Surgiu assim, o novo aeroporto, construído pelo Ministério da Aeronáutica, através da COMARA - Comissão de Aeroportos da Amazônia e foi inaugurado em 20 de maio de 1978. No dia 03 de Outubro de 1980, pela Portaria nº 1179/GM5, o Ministério da Aeronáutica transferiu para a Infraero a jurisdição técnica, administrativa e operacional do Aeroporto. O pátio das aeronaves tem 60 vagas para estacionamento em 15 posições e na área interior tem serviços básicos além de Free Shop. O aeroporto mantém um programa social, que fornece curso básico de informática a 160 estudantes de comunidades carentes vizinhas. Os alunos participam também de palestras sobre temas como meio ambiente e cidadania. O público alvo é formado por crianças e adolescentes na faixa etária entre dez e 18 anos. Para o início do projeto, a Infraero aplicou R$ 27,5 mil na compra de equipamentos. (De AeroBlogJoi).

MSC Divina

A classe Fantasia, da armadora italiana, está prestes a receber sua terceira embarcação: o MSC Divina, 12º navio. A construção, que já está em seus ajustes finais, ocorre no estaleiro STX Europe – que nos últimos 150 anos dedicou-se aos mais belos navios do mundo. Faltando apenas 100 dias para sua inauguração oficial, a contagem regressiva foi iniciada e mais de 1.400 profissionais altamente qualificados estão focados na última etapa que exige muita dedicação, conhecimento técnico e atenção aos detalhes. Sua estreia ocorrerá no dia 26 de maio, no Porto de Marselha (França). O navio tem 333 metros de comprimento, 38m de largura, 140 mil toneladas e capacidade para 4.363 hóspedes. Até lá, a embarcação terá exigido mais de dois milhões de horas para a sua constituição, além de outro um milhão de horas dedicadas aos toques finais.

MSC Divina

Novidades na British Airways
A Openskies, transatlântica subsidiária da British Airways, está investindo em uma nova categoria de cabine, ‘Eco’, em suas aeronaves, oferecendo aos passageiros uma experiência de viagem premium entre Nova York-Newark e Paris-Orly. Outras melhorias incluem: iPads individuais para os passageiros desfrutarem das 70 horas de entretenimento a bordo; acesso aos balcões de check-in da classe executiva da British Airways no aeroporto de New York- Newark; acesso prioritário à checagem de segurança para os passageiros Prem Plus e Biz Bed; acesso aos lounges do aeroporto da British Airways em Orly e Newark para passageiros Biz Bed. A OpenSkies terá uma nova configuração de três cabines em suas aeronaves, já disponível para reservas. A nova classe Eco será equipada com 66 poltronas de couro, a Prem Plus (oficialmente Biz Seat) terá 28 assentos e a Biz Bed, a classe executiva da OpenSkies, continuará a oferecer assentos horizontais em uma exclusiva cabine com apenas 20 assentos.

Por: Nelci Terezinha Seibel, em 2012-02-23

Fonte: Autoria própria.

Formas de pagamento:

Cartões de crédito:
Cartões de crédito

Débito online:
Débito online

Boleto:
Boleto

Desenvolvido por: ismaelMatias

Central de atendimento:

Rancho Queimado SC (48) 4052 9209
São Paulo SP (11) 3522 6943
Florianópolis SC (48) 4052 9209
Plantão TIM (48) 9982 3401
e-mail: immb@motivacao.org

Imagens ilustrativas. Para realizar pagamento, inclua o produto no carrinho de compras para escolher a forma de pagamento.